Carambola

A carambola é originária da índia e introduzida no Brasil em 1817, em Pernambuco. O fruto quando maduro, tanto a branca como a amarela é muito apreciado. Quando partido transversalmente, suas cinco quinas ficam em formato de estrela. Por sua transparência esverdeada e refrescância ímpar é sem dúvida, adequada aos climas quentes. O suco da fruta ajuda no combate à febre, estimula o apetite, e é usado ainda pela medicina popular no tratamento de infecções renais.

Carambola1Como comprar

Escolha as de casca bem lisa, sem manchas, de cor amarelo esverdeada e consistência firme.

Como conservar

Dura cerca de quatro dias em temperatura ambiente, em local fresco e arejado. Sob refrigeração pode durar até quinze dias.

Como consumir

Com uma faca afiada, tire as nervuras que ficam na parte exterior dos ângulos da fruta, procedendo da mesma maneira como tirando as nervuras das vagens ou ervilhas.

Servir inteiras ou cortadas em rodelas, em doces em calda, tortas, geléias ou em sucos com água e açúcar. Quando bem madura, é saborosa ao natural, mas quando verde é azeda, e só se come na forma de doce, compota ou picles. Pode ser usada no lugar de limão no preparo de carnes.

Dicas

Caldo de carambola auxilia na remoção de manchas das roupas, especialmente manchas de caneta e de ferrugem.

As folhas e as raízes da carambola são usadas pela farmacopéia indiana, e suas flores são comestíveis.

Contém 90% de água e é de baixo valor calórico. Rica em potássio, vitamina C e fibras, o que faz da carambola um fruta que ajuda a regular o intestino e com função antioxidante.

INFORMAÇÃO NUTRICIONAL
Porção de 100g

Quantidade por porção

Valor energético

54 Kcal

Carboidratos

13 g

Proteínas

1,1 g

Gorduras Totais

0,4 g

Gorduras Saturadas

0g

Gorduras trans

0g

Fibra Alimentar

6,2 g

Sódio

-

Fonte: Embrapa



Rua Visconde Guarapuava, 2.229
45 3223.1796 | Cascavel - PR